sábado, 12 de julho de 2008

Dicas para Reaproveitar os Alimentos em Casa e Evitar o Desperdício


Por Helena Luiz

Trazer de volta à mesa do jantar o que sobrou do almoço, dar uma nova cara ao prato ou incrementar novos sabores pode fazer a diferença no paladar e no bolso também. É o que garante a nutricionista Lorena Batista Nascimento que ensina como reaproveitar aquelas sobras do almoço ou do jantar que vão parar no lixo. Normalmente, por falta de costume ou por rejeição, folhas e talos, sementes e cascas de legumes e até mesmo alimentos prontos são desprezados. Como bem disse o professor de Ética e Filosofia Política da Unicamp, Roberto Romano em uma entrevista na Revista e Comportamento, "desperdiçar é um ato primitiivo.”
Em se tratando de aproveitamento de alimentos pode-se trabalhar com o aproveitamento de alimentos ainda in natura, ou seja, aquelas partes que geralmente se joga fora, que seriam os talos, cascas e sementes de verduras/legumes e frutas; ricas em vitaminas e minerais. E também pode-se aproveitar as sobras das refeições, quando se utiliza alimentos já processados.
Um ponto importante a ser observado nos dois casos é a higiene. O ideal é que os alimentos sejam lavados em água corrente. Para garantir a higienização, basta preparar uma solução clorada. É simples: em um litro de água, adiciona-se uma colher de sopa de cloro.
O alimento depois de pronto deve ser mantido a uma temperatura segura, 65ºC para o quente (que devem ser consumidos em até 12h); ou congelado. O correto é condicionar estas sobras em vasilhas limpas e com tampa no congelador.
Para o nutricionista Walace Luiz Herbst, “utilizar o alimento em sua totalidade significa mais do que economia, significa usar os recursos disponíveis sem desperdício, respeitando a natureza e alimentando-se bem, com prazer e dignidade”. Pensando nisso, ele dá a seguinte dica: “características básicas como alto valor nutritivo, baixo custo, paladar regionalizado e preparo rápido, agregam os ingredientes de duas receitas maravilhosas que vão fazer a diferença na sua refeição”.
Dicas de receitas:
Creme de abóbora
200g de abóbora
½ litro de água
Sal e pimenta a gosto.
Modo de preparo
Descasque e pique a abóbora.
Leve ao fogo baixo com a pimenta e o sal.
Depois de completamente cozida, retire do fogo e bata no liquidificador. Sirva quente.

Almeirão com sobras de arroz
1/2 maço de almeirão
1/2 cebola picada
1 dente de alho
2 xícaras (chá) de arroz cozido
1 e 1/2 colher (sopa) de óleo
Modo de Preparo
Escolher e lavar bem o almeirão, picar fininho e cozinhar em água e sal por 10 minutos.
Escorrer bem, espremer para sair toda água.
Fritar a cebola e o alho no óleo. Juntar o almeirão e deixar refogar por 5 minutos.
Juntar em seguida o arroz cozido e mexer com um garfo para ficar bem soltinho.
Dica: O almeirão pode ser substituído por espinafre, couve, acelga etc.

1 comentários:

walace disse...

Olá Helena, eu sou o Walace Luiz Herbst, o nutruicionista que participa dessa sua matéria. Preciso falar com você. Há possibilidade de me enviar um email? walacevphn@yahoo.com.br
Muito obrigado, aguardo o seu retorno.